Início Paisagismo 30 Árvores frutíferas: espécies, cuidados, dicas e exemplos

30 Árvores frutíferas: espécies, cuidados, dicas e exemplos

COMPARTILHAR

Pode ter árvore frutífera em apartamento? Pode! E no vaso? Claro que sim! E se não bater sol no quintal? Também dá.

O post de hoje vai mostrar para você que, independente do local onde você mora, é possível sim ter árvores frutíferas e se beneficiar de tudo o que elas tem a oferecer. Então, bora anotar todas as dicas e começar o seu pomar hoje mesmo.

5 bons motivos para você ter árvores frutíferas em casa

Sombra fresca

Uma árvore frutífera em casa é sempre sinônimo de sombra fresca e um local para relaxar. Sob a copa da árvore você pode montar um cantinho especial com almofadas, futons e uma mesinha, dai é só aproveitar esse espaço para uma leitura, um cochilo ou um momento de descontração.

Amigas da natureza

As árvores frutíferas são grandes amigas de insetos polinizadores, como abelhas e borboletas, passarinhos e outros pequenos animais silvestres, como esquilos, por exemplo. Ao ter uma dessas em casa você contribui para manutenção e equilíbrio da fauna local e, ainda, pode ter o privilegio de admirar esses pequenos seres.

Frutas orgânicas

Árvore frutífera dá frutos, é claro. Mas não é só essa a vantagem. Ter uma árvore frutífera em casa garante o consumo de frutas livres de agrotóxico e pesticida, contribuindo assim com uma alimentação mais saudável para toda a família.

Paisagismo

As árvores frutíferas ainda são um belo complemento ao projeto paisagístico: quando elas não estão cheia de frutos, estão floridas. Portanto, não perca a oportunidade de apostar em árvores frutíferas no seu projeto.

Em vaso ou na terra

Dependendo da espécie, é possível cultivar árvores frutíferas em vasos ou em canteiros no quintal de casa. Isso torna o acesso a esse tipo de árvore muito mais democrático.

Cuidados antes e depois do plantio das árvores frutíferas

Quando plantar a árvore frutífera

A melhor época do ano para plantar árvores frutíferas é na primavera. A estação de clima ameno é ideal para que a planta se desenvolva adequadamente e se fortaleça contra o ataque de pragas e insetos. O plantio no inverno ou no verão pode enfraquecer a espécie, uma vez que tanto as altas temperaturas, quanto as baixas temperaturas, tornam a planta vulnerável e menos resistente.

Cova

Ao plantar sua árvore frutífera certifique-se que a cova tenha no mínimo 40 cm de profundidade por 40 cm de largura. A cova também deve ter terra afofada para garantir a expansão das raízes.

Luz e sombra

Cada espécie de frutífera possui uma necessidade diferenciada de luz e sombra. Algumas necessitam de sol pleno por pelo menos seis horas por dia, enquanto para outras, apenas a luminosidade direta já é o suficiente. Por isso é sempre importante conhecer as condições de luz do local onde você deseja plantar a árvore e escolher a espécie que mais se adapta a essas condições.

Adubação e preparo do solo

Para que a árvore frutífera se desenvolva adequadamente é importante garantir um solo rico em matéria orgânica. Você pode fazer isso com receitinhas de adubo caseiro, triturando no liquidificador, por exemplo, casca de banana, casca de ovos e pó de café. Existem também opções de adubos prontos nas casas de jardinagem, contudo, se a sua intenção é o cultivo orgânico, prefira os adubos naturais.

Rega

A grande maioria das árvores frutíferas precisa de um solo bem irrigado e com ótima drenagem. Isso quer dizer que, ao mesmo tempo em que se deve oferecer água, também é importante garantir o escoamento do excesso de umidade, assim as raízes se mantem saudáveis e não correm o risco de apodrecer.

Poda

Faça podas regulares na sua árvore frutífera de modo a garantir o formato estético, mas também fortalecer os galhos da planta.

Árvore Frutífera em vaso

Para cultivar árvore frutífera em vaso é fundamental garantir um recipiente com medidas mínimas de 80 cm de profundidade e 85 cm de largura. A terra deve ser adubada regularmente e o sistema de drenagem deve funcionar muito bem.

VEJA TAMBÉM: 25 árvores que você pode plantar sem medo de destruir a sua calçada e a rede elétrica

O vaso com a árvore frutífera deve ficar sempre no mesmo lugar, isso evita estresse na planta, uma vez que ela não precisa ficar o tempo todo se adaptando a um novo ambiente. As espécies enxertadas são as mais indicadas para o plantio em vasos, já que não crescem muito.

Conheça espécies de árvores frutíferas para casas e apartamentos

Confira a seguir algumas das espécies de árvores frutíferas mais recomendadas para o plantio em casas e apartamentos:

Limoeiro Siciliano (Citrus Limon)

O limão siciliano é uma das melhores opções de limões para plantio em vasos ou canteiros pequenos. Escolha um local que receba pelo menos 4 horas de sol para plantá-lo.

Amoreira (Morus Insignis)

A amoreira é uma das espécies frutíferas mais fácies de plantar e cultivar. Além do mais, ela também oferece frutos em pouco tempo.

VEJA TAMBÉM: Cidades devem pensar em árvores como infraestrutura de saúde pública

Araçazeiro (Psidum Cattleianum)

Se você quer uma árvore frutífera pequena, mas que renda muitos frutos aposte no araçazeiro. Cultive-o com solo rico em matéria orgânica e irrigado regularmente.

VEJA TAMBÉM: O CHARME DAS ÁRVORES FRUTÍFERAS E ERVAS NO SEU JARDIM E VARANDA

Jabuticabeira (Myrciaria Cauliflora)

A jabuticabeira é outra opção para quem deseja cultivar frutíferas em espaços pequenos. A dica aqui é manter o solo sempre úmido, mas bem drenado. A jabuticabeira não tolera solo seco.

Aceroleira (Malpighia Glabra)

Riquíssima em vitamina C, a acerola é uma das frutinhas mais saborosas que você pode ter na sua casa. A aceroleira aprecia clima quente, mas também pode se desenvolver em climas subtropicais.

VEJA TAMBÉM: Ideias para construir mantendo as árvores do terreno

Laranjeiras Kikan (Fortunella Margarita)

A laranjeira Kikan é de pequeno porte e é ótima para quem não possui local ensolarado em casa para o plantio. Uma boa aposta para varandas sombreadas de apartamento.

Grumixameira (Eugenia Brasiliensis)

A grumixameira é uma prima da pitanga e possui frutos vermelhos e adocicados que ficam ótimos em sucos e geleias. A grumixameira pode ser cultivada tanto sob sol pleno, quanto a meia sombra.

VEJA TAMBÉM: Árvores urbanas ajudam a economizar na conta de luz

Pitangueira (Eugenia Uniflora)

A pitangueira é uma velha conhecida aqui no Brasil. De sabor marcante, as pitangas (frutos da pitangueira) podem ser consumidos in natura ou em preparações culinárias. De porte médio a pequeno, a pitangueira pode ser cultivada em vaso ou em pequenos canteiros sob sol pleno.

Romãzeira (Punica Granatum)

A romãzeira é uma árvore de frutos exóticos e repletos de simbolismos ligados a prosperidade e a fartura. Para cultivar a espécie é importante mantê-la sob sol pleno algumas horas por dia.

VEJA TAMBÉM: Saiba o que é design biofílico e descubra seu impacto no bem-estar

Cerejeira (Cerasus)

A cerejeira é uma árvore que encanta não só pelos frutos, mas pela linda e intensa floração. No entanto, existem diversas espécies diferentes de cerejeira, por isso tenha certeza da espécie que está comprando para garantir os cuidados adequados.

Abacateiro (Persea Americana)

O abacateiro é uma espécie frutífera indicada para quem tem uma área um pouco maior em casa, já que a espécie cresce e se desenvolve rapidamente. Mas a espécie também pode ser cultivada em vasos a partir de enxertos.

VEJA TAMBÉM: Área demarcada: 6 projetos com caminhos definidos no jardim

Mangueira (Mangifera Indica)

Quem não gosta de uma manga bem docinha? A espécie produz frutos no verão e deve ser cultivada sob sol pleno.

Goiabeira (Psidium Guajava)

A goiabeira é outra velha conhecida por nós brasileiros. Seus frutos docinhos rendem uma infinidade de preparações.

VEJA TAMBÉM: 6 ideias de decoração com plantas grandes

Bananeira (Musa)

Bananeira em casa? Também é possível, inclusive, você pode optar por plantar a bananeira em vaso. Ofereça para sua planta água e sol na medida certa.

Macieira (Malus Domestica)

Para quem mora em regiões de clima mais frio, a macieira é uma ótima opção de frutífera. Porém, isso não quer dizer que a espécie não precisa de sol, pelo contrário, a macieira necessita de pelo menos 6 horas diárias de sol direto.

VEJA TAMBÉM: Vegetação no ambiente construído: uma convivência necessária

Pessegueiro (Prunus Persica)

O pessegueiro é outra árvore frutífera que encanta pela beleza das suas flores. Cultive a espécie sob sol pleno.

Ameixeira (Prunus Domestica)

A ameixeira é uma frutífera muito comum em ruas e calçadas, totalmente adaptada aos ambientes urbanos.

VEJA TAMBÉM: Único bonsai de Araucária do mundo é cultivado por um curitibano

Pereira (Pyrus)

Que tal plantar uma pereira? As peras, frutos da pereira, são doces e muito saborosos. O clima ameno e um pouco mais frio é o ideal para essa espécie.

Lichia (Litchi Chinensis)

A Lichia é uma espécie frutífera de origem asiática, mas que pode se desenvolver em quintais de casas no Brasil.

VEJA TAMBÉM: 10 plantas urbanas comuns que você talvez não saiba que pode comer

Caquizeiro (Diospyros Kaki)

O caquizeiro também tem origem asiática, mas se adaptou muito bem ao solo brasileiro. Para cultivá-lo é importante mantê-lo sob sol pleno.

Cajueiro (Anacardium Occidentale)

O cajueiro é uma espécie nativa do Brasil, mais especificamente das regiões litorâneas do nordeste. O cajueiro precisa de sol para florescer e dar frutos.

VEJA TAMBÉM: Seis plantas que florescem no inverno e vão deixar o seu jardim mais bonito

Jaqueira (Artocarpus Heterophyllus)

A jaqueira é uma árvore de grande porte, assim como seus frutos que são enormes. Cultive-a sob sol pleno.

Mamoeiro (Carica Papaya)

O mamoeiro é uma árvore de porte médio e pode ser plantada tranquilamente no quintal de casa. Sol e solo fértil são as características que a espécie precisa para se desenvolver.

VEJA TAMBÉM: Como plantar Mamão Anão em vaso

Blueberry (Cyanococcus)

Os frutos da Blueberry são conhecidos por aqui como mirtilos. Essa espécie é nativa da América do Norte, mas apesar de gostar de climas frios pode ser cultivada no Brasil.

Caramboleira (Averrhoa carambola)

A caramboleira é conhecida por ser uma árvore muito ornamental, além de frutífera. A espécie pode se desenvolver tanto a sol pleno, quanto a meia sombra.

VEJA TAMBÉM: 7 dicas para ter uma relação sensorial com a sua casa e manter o alto-astral

Árvores frutíferas do cerrado:

Buriti (Maurita Flexuosa)
O Buriti é uma espécie de palmeira que dá frutos avermelhados e miúdos. De grande porte, o buriti é o abrigo ideal de diversas espécies de pássaros.

Mangabeira (Hancornia Speciosa)
A mangabeira é outra árvore típica do serrado e da caatinga brasileira. Aprecia clima quente e pode ser cultivada em outras regiões.

VEJA TAMBÉM: A vez do Biodesign

Pequizeiro (Carroçar Brasiliense)
O pequizeiro é a árvore mãe do pequi, um fruto muito conhecido na culinária do centro oeste brasileiro.

Araticum (Annona)
A araticum produz frutos exóticos com aparência de pinhas. Nativa do serrado, a espécie não ultrapassa os dez metros de altura, podendo ser cultivada em áreas menores.

VEJA TAMBÉM: 10 cozinhas decoradas com plantas

Baru (Dipteryx Alata)
A árvore da Baru é um exemplar típico do serrado brasileiro. Muito ornamental e frutífera, a espécie produz frutos com sabor semelhante a do amendoim e da castanha.

VEJA TAMBÉM: Bairro ganha floresta comestível onde moradores podem colher alimentos de graça


via: https://www.decorfacil.com/arvores-frutiferas/

O que achou? Comente!