Início Arquitetura Apartamento pequeno tem boas soluções em marcenaria e tons de azul

Apartamento pequeno tem boas soluções em marcenaria e tons de azul

COMPARTILHAR

O living integrado possui cozinha americana, sala de jantar, home theater, bar e terraço. Projeto da arquiteta Marcela Waldenkolk

Living | Ao integrar o terraço, eliminando os caixilhos e nivelando o piso, foi possível criar uma área de estar ampla com cozinha americana, sala de jantar, home theater e bar (Foto: Renato Navarro/Divulgação)
LIVING | Ao integrar o terraço, eliminando os caixilhos e nivelando o piso, foi possível criar uma área de estar ampla com cozinha americana, sala de jantar, home theater e bar (Foto: Renato Navarro / Divulgação)

Boliviano, o jovem morador deste apartamento na Vila Madalena morou por anos em Paris antes de se estabelecer em São Paulo. Apaixonado por vinhos e gastronomia, estava em busca de um lugar onde pudesse se sentir em casa entre as frequentes viagens e receber os amigos com todo o conforto. Na busca pelo imóvel perfeito, teve a ajuda da arquiteta Marcela Waldenkolk, que também assina a reforma e a decoração do novo lar.

LEIA MAIS: Como limpar cozinha: receitas caseiras para facilitar a faxina

Por ser um apartamento de metragem reduzida, o aproveitamento de espaços foi um ponto fundamental. O primeiro passo foi integrar a sala ao terraço, com o nivelamento do piso. “Criamos o bar aproveitando o antigo vão entre a área de serviço e o terraço. Totalmente integrado, o living conta ainda com cozinha americana, sala de jantar, home theater e um estar no terraço”, conta a arquiteta. Para dar uma sensação de maior amplitude, o forro de gesso foi executado apenas onde era necessário ocultar a passagem da infraestrutura.

Bar | O antigo vão entre a área de serviço e o terraço foi aproveitado para a criação do bar. O jardim vertical, da Wallgreen, com sistema de irrigação automatizado trouxe praticidade para o morador que viaja muito (Foto: Renato Navarro/Divulgação)
BAR | O antigo vão entre a área de serviço e o terraço foi aproveitado para a criação do bar. O jardim vertical, da Wallgreen, com sistema de irrigação automatizado, trouxe praticidade. A mala dos anos 1920 é uma das peças de decoração favoritas do morador (Foto: Renato Navarro / Divulgação)

Entre as solicitações do morador, estavam duas grandes estantes para livros – uma voltada para a sala de jantar e outra para a suíte, deslocando a parede que dividia os ambientes. Na paleta, tons de cinza fazem a base para seu tom preferido: o azul. “Esta cor unifica visualmente o projeto. Um exemplo disso é a cozinha de estilo provençal, em referência aos anos no exterior, que dialoga com o restante do mobiliário moderno através do azul”, explica.

Estante | A estante com fundo em porcelanato é a primeira visão de quem entra no apartamento e foi uma solução para criar um plano de fundo interessante à mesa de jantar (Foto: Renato Navarro/Divulgação)
LIVING | A estante é a primeira visão de quem entra no apartamento e foi uma solução para criar um plano de fundo interessante ao living (Foto: Renato Navarro / Divulgação)

O tons frios são aquecidos pelos detalhes DE madeira freijó, que trazem aconchego ao espaço. Além disso, grande parte das soluções foram feitas em marcenaria sob medida, como as portas e painéis, que ajudam a organizar a distribuição dos espaços. “Inclusive, derrubamos as paredes de drywall do quarto de hóspedes e fizemos alguns ajustes para que, caso necessário, ele possa ser fechado novamente sem a necessidade de obras, somente com esse tipo de divisórias”, conta Marcela.

LEIA MAIS: Conheça piscina de vidro e inspire-se com exemplos

Sala de estar | Um dos conceitos do projeto era de que a sala não deveria se voltar a uma televisão. O sofá com encostos móveis traz diversas possibilidades de uso ao espaço e, também pode servir como sofá cama (Foto: Renato Navarro/Divulgação)
SALA DE ESTAR | Um dos conceitos do projeto era de que a sala não deveria se voltar a uma televisão. O sofá com encostos móveis traz diversas possibilidades de uso ao espaço e também pode servir como sofá cama (Foto: Renato Navarro / Divulgação)

LEIA MAIS: Tipos de acabamentos em drywall e quais os seus cuidados

Sala de jantar | Outra estante serve de pano de fundo para a sala de jantar. Mesa do Fernando Jaeger Atelier. Cadeiras do FJ Pronto para Levar e pendente da Reka. (Foto: Renato Navarro/Divulgação)
SALA DE JANTAR | Outra estante serve de pano de fundo para a sala de jantar. Mesa do Fernando Jaeger Atelier. Cadeiras do FJ Pronto para Levar e pendente da Reka. (Foto: Renato Navarro / Divulgação)
Cozinha | Os móveis em estilo provençal são contornados pelas cerâmicas geométricas em tons de azul, da PortobelloShop, criando um ambiente lúdico que traz memórias afetivas ao morador (Foto: Renato Navarro/Divulgação)
COZINHA | Os móveis em estilo provençal são contornados pelas cerâmicas geométricas em tons de azul, da PortobelloShop, criando um ambiente lúdico, que traz memórias afetivas ao morador (Foto: Renato Navarro / Divulgação)
Terraço | Para deixar a vista livre, o sofá foi posicionado na lateral, o que também deixou a circulação fluída entre cozinha, bar e estar (Foto: Renato Navarro/Divulgação)
TERRAÇO | Para deixar a vista livre, o sofá foi posicionado na lateral, o que também deixou a circulação fluída entre cozinha, bar e estar (Foto: Renato Navarro / Divulgação)
Living | Painéis e portas de madeira ajudam a organizar a distribuição de espaços no apartamento integrado (Foto: Renato Navarro/Divulgação)
LIVING | Painéis e portas de madeira ajudam a organizar a distribuição de espaços no apartamento integrado (Foto: Renato Navarro / Divulgação)

LEIA MAIS: Chuveiro perto da janela

Quarto | Devido às pequenas dimensões do espaço, o gesso não foi executado para aproveitar a altura total. A cabeceira em freijó, alta e embutida na marcenaria, também dá a sensação de maior amplitude ao cômodo. O terraço também foi integrado ao quarto, (Foto: Renato Navarro/Divulgação)
QUARTO | Devido às pequenas dimensões do espaço, o gesso não foi executado para aproveitar a altura total. A cabeceira de freijó, alta e embutida na marcenaria, aumenta a sensação de amplitude no cômodo. O terraço também foi integrado ao quarto, criando um local de leitura com futon (Foto: Renato Navarro / Divulgação)
Lavabo | Com bancada em travertino negro e toalheiro/saboneteiro em metal preto, a ideia foi criar um banheiro que pudesse atender aos hóspedes, mas com aparência de lavabo. Há um deck em cumaru na área do box executado pela Neobambu. (Foto: Renato Navarro/Divulgação)
LAVABO | Com bancada de travertino negro e toalheiro/saboneteiro de metal preto, a ideia foi criar um banheiro que pudesse atender aos hóspedes, mas com aparência de lavabo. Há um deque de cumaru na área do box executado pela Neobambu. (Foto: Renato Navarro / Divulgação)

LEIA MAIS: Como planejar a reforma de apartamento

____________________________________________________________________

via: https://revistacasaejardim.globo.com/Casa-e-Jardim/Decoracao/noticia/2020/09/apartamento-pequeno-tem-boas-solucoes-em-marcenaria-e-tons-de-azul.html

O que achou? Comente!